Maneiras de quebrar um contrato

Várias maneiras de quebrar um contrato e possivelmente evitar o pagamento de
taxas altas incluem:
– Encontrar um substituto permanente – Em muitos estados, o proprietário é
obrigado a procurar um novo inquilino assim que o inquilino atual informa que
gostaria de rescindir o contrato. Muitas vezes, o proprietário pedirá ao inquilino
atual para realizar sua própria busca por um substituto. Graças aos sites,
encontrar um inquilino substituto é mais fácil do que nunca. Se o inquilino e o
proprietário não conseguirem encontrar um substituto, o inquilino ainda será
obrigado a pagar o aluguel por lei. Se o proprietário puder realugar a unidade
para um novo inquilino, o ex-inquilino estará livre. No entanto, (como mencionado
anteriormente) se o proprietário tiver que voltar a alugar a unidade por uma taxa
de aluguel mais baixa, o ex-inquilino terá que pagar a diferença no custo.
A sublocação de uma casa é quando o inquilino que originalmente assinou o
contrato de locação encontra outra pessoa para pagar o aluguel mensal. O novo
inquilino é um subinquilino. Um exemplo de quando isso pode acontecer: um
estudante de uma cidade grande aluga um apartamento por um ano, mas só
precisa morar naquele apartamento de setembro a maio. O estudante então sai
do apartamento e encontra um subinquilino temporário de verão para morar no
apartamento e pagar o aluguel mensal. Obviamente, todos os inquilinos
precisarão verificar seu contrato de locação para ver se a sublocação é permitida
ou não antes de procurar um subinquilino. Infelizmente, muitos contratos de
locação não permitem que os inquilinos subloquem uma casa para um
subinquilino. Apolar casas para alugar em guaratuba